Production of thermoelectric modules
  • russian
  • english
  • french
  • spain
  • porto
  • italian
  • home
  • mail
  • map
Rambler's Top100
  • »
  • Desenho e produ??o dos m?dulos termoel?ctricos Peltier

Sobre a companhia
Um pouco da hist?ria
Efeitos termoel?ctricos
M?dulos termoel?ctricos de refrigera??o
Esferas de aplica??o dos produtos da companhia KRYOTHERM

Mais de 40 anos do desenho e produ??o dos produtos termoel?ctricos, presen?a do ciclo tecnol?gico completo de fabrica??o, incluindo a s?ntese da subst?ncia termoel?ctrica semicondutor e tamb?m a exist?ncia dos desenhadores e engenheiros de suporte t?cnico de alta qualifica??o permitem garantir a alta qualidade de m?dulos termoel?ctricos de refrigera??o, unidades termoel?ctricos, m?dulos de geradores e dispositivos para milhares de Clientes da companhia KRYOTHERM em todo o mundo.

Tipos principais do produto da companhia:

M?dulos termoel?ctricos de refrigera??o (Peltier)

  • M?dulos termoel?ctricos Peltier de alta efici?ncia da pot?ncia de refrigera??o Qс de at? 350 W e/ou diferen?a m?xima de temperaturas deltaТ de at? 75 K para o m?dulo termoel?ctrico Peltier de uma etapa da vers?o de desenho diferente: de duas sec??es, redondos ou rectangulares com furo ou sem furo para utilizar os mesmos nos sistemas de refrigera??o do equipamento industrial, m?dico e de outro tipo (lasers, aparelhos anal?ticos, condicionadores etc.)
  • M?dulos termoel?ctricos de refrigera??o de varias etapas que permitem obter a diferen?a m?xima de temperaturas delta Т de at?до 138 К, e que servem para a refrigera??o de matrizes de aparelhos de acoplamento de carga, an?lise imediata de derivados de petr?leo, calibra??o de captadores etc.
  • Microm?dulos de refrigera??o de Peltier para a electr?nica com possibilidade da entrega com instala??o nos corpos segundo o desejo do Cliente, destinados para o controlo de temperatura de d?odos de laser, dispositivos optoelectr?nicos e sensores de emiss?es diferentes;
  • M?dulos termoel?ctricos para utilizar em aparelhos dom?sticos (refrigeradores de autom?veis, refrigeradores de agua e bebidas);
  • m?dulos termoel?ctricos especiais de requisitos muito rigorosos de especifica??o (estabilidade ?s cargas mec?nicas, trabalho em vazio etc.).

Unidades termoel?ctricos para a refrigera??o

Unidades termoel?ctricos de alta efici?ncia est?o destinadas para a estabiliza??o de temperatura do equipamento herm?tico (quadros de telecomunica??o, aparelhos de telemetria e autom?tica etc.). Subdividem-se segundo o tipo de interc?mbio de calor:

M?dulos de geradores (Geradores termoel?ctricos)

M?dulos de geradores permitem realizar a convers?o recta da energia de calor na energia el?ctrica. Os geradores termoel?ctricos s?o fonte alternativa da electricidade (alimenta??o de sistemas telem?tricas remotos em gasodutos e oleodutos, alimenta??o de aparelhos da protec??o cat?dica de tubula??es diferentes etc.).

Especialistas da companhia est?o dispostos nos prazos mais breves prestar ajuda na selec??o correcta de m?dulos termoel?ctricos Peltier e nos c?lculos do sistema termoel?ctrica ?ptima segundo os requisitos do Cliente. Para a selec??o independente de m?dulos termoel?ctricos Peltier e c?lculo do sistema de refrigera??o termoel?ctrica, a companhias prop?e aos Clientes a carregar o programa KRYOTHERM.

A informa??o mais detalhada sobre a companhia, produtos, as suas vantagens e esferas de aplica??o pode ser lida abaixo:

Sobre a companhia:

A companhia KRYOTHERM foi formada em 1992 na base do instituto de investiga??o cient?fica mais grande na URSS que desenhava os m?dulos termoel?ctricos (elemento Peltier) e sistemas na base dos mesmos para a necessidade do complexo militar e aeroc?smico. Devido ao grande potencial cient?fico e utiliza??o dos m?todos modernos de ger?ncia, a companhia durante a sua actividade ocupou as posi??es de lideran?a no mercado termoel?ctrico mundial. Actualmente a empresa conta com 200 empregados, incluindo 13 candidatos a doutor.

Uma das direc??es mais importantes da actividade da companhia ? desenho e fabrica??o dos m?dulos termoel?ctricos e sistemas baseados nos mesmos em conformidade com os requisitos dos Clientes. Tal conceito permite propor ao Cliente a solu??o da efici?ncia m?xima baseada em mais de 40 anos de experi?ncia de engenheiros da companhia e investigadores em diferentes esferas de utiliza??o da termoelectricidade.

Campos de aplica??o dos produtos da companhia KRYOTHERM

Termoestabiliza??o e refrigera??o

Radioelectr?nica. Refrigeradores de miniatura:

  • de etapas de entrada de aparelhos de r?dio e amplificadores;
  • de geradores potentes e elementos de r?dio;
  • de emissores e sistemas de laser;
  • de amplificadores param?tricos de aplica??o diferente;
  • de fotorreceptores a v?cuo e de corpo s?lido e aparelhos de acoplamento de carga;
  • de microprocessadores e microcircuitos de placas e blocos electr?nicos.

Equipamento industrial:

  • sistemas de condicionamento de quadros herm?ticos com equipamento;
  • sistemas de secagem no equipamento herm?tico;
  • equipamento clim?tico de ensaios para aparelhos electr?nico;
  • esfriamento intensivo de processadores;
  • dispositivos para a polimeriza??o r?pida da cola segundo o programa predeterminado;
  • superf?cies frios de laborat?rio;
  • aparelhos para determinar as propriedades de derivados de petr?leo;
  • sistema de refrigera??o de aparelhos telem?tricos nos po?os;
  • analisadores de gases;
  • calibradores t?rmicos.

Equipamento m?dico:

  • cubetas de esfriamento termost?ticas para investiga??es aceleradas de cl?nica;
  • contentores de esfriamento m?veis para conservar tecidos biol?gicos e l?quidos;
  • equipamento de anestesiologia e oftalmologia;
  • aparelhos com ciclos de temperatura (por exemplo, para a an?lise imediata do ?cido desoxirribonucl?ico).

Equipamento de refrigera??o:

  • minibares e minirefrigeradores para quartos de hotel;
  • refrigeradores de autom?veis.

Alimenta??o el?ctrica alternativa:

  • equipamento para a protec??o cat?dica contra a corros?o;
  • distribui??o de energia para sistemas de telecomunica??o em gasodutos e oleodutos;
  • distribui??o de energia para b?ias de navega??o, centros meteorol?gicos;
  • alimenta??o independente de sensores sem fios.

Um pouco de hist?ria:

Em 1834 o f?sico franc?s Jean Peltier descobriu que quando a corrente el?ctrica cont?nua corria atrav?s do circuito de diferentes condutores, o lugar de acoplamento dos condutores esfriava-se ou acalentava-se em fun??o do sentido da corrente. A quantidade do calor consumida ? proporcional ? corrente que passa atrav?s de condutores.

Em resultado de trabalhos do Acad?mico russo А.F. Ioffe e dos seus empregados foram sintetizadas as ligas de semicondutores que permitiam utilizar este efeito na pr?tica e come?ar a produzir em s?rie os aparelhos termoel?ctricos para a utiliza??o ampla em diferentes campos da actividade humana.

Efeitos termoel?ctricos:

Efeitos termoel?ctricos

Efeito Peltier representa o processo de desenvolvimento ou absor??o de calor quando a corrente el?ctrica passa atrav?s do contacto de dois condutores ou semicondutores heterog?neos. O valor do calor desenvolvido e o s?mbolo do mesmo dependem do tipo de subst?ncias a contactar, intensidade da corrente e tempo da passagem da corrente, i.e. a quantidade do calor desenvolvido ? proporcional ? quantidade da carga que passa atrav?s do contacto.

O efeito Peltier surge devido ? diferen?a de potencial no lugar de acoplamento de duas subst?ncias que cria o campo interior de contacto. Se atrav?s do contacto passa a corrente, este campo contribuir? ? passagem da corrente ou impedir? a mesma. Se a corrente passa contra o campo de contactos, a fonte exterior deve gastar a energia adicional que desenvolve no contacto, o que provocar? o aquecimento do mesmo. Se a corrente passa no sentido do campo de contactos, a mesma pode ser suportada com este campo que realiza o trabalho de deslocamento de cargas. Neste caso, a energia necess?ria para isto ser? tomada da subst?ncia, o que provoca o esfriamento da mesma no lugar de contacto.

Efeito Peltier serve de base ao modo de funcionar dos m?dulos termoel?ctricos de refrigera??o.

Efeitos termoel?ctricos

Efeito Seebek representa o fen?meno de surgimento da for?a electromotriz (FEM) no circuito el?ctrico que ? composto dos condutores ou semicondutores heterog?neos ligados em s?rie, os contatos entre os quais encontram-se ? temperaturas diferentes.

O efeito Seebek surge devido ? apari??o da FEM t?rmica no lugar de liga??o de dois condutores (semicondutores) heterog?neos em caso quando lugares de contactos s?o mantidos ?s temperaturas diferentes. Se ao longo do conductor existe o gradiente t?rmico, os electr?es no extremo quente adquirem energias e velocidades mais altas em compara??o com extremo frio. Em semicondutores, adicionalmente, a concentra??o de electr?es de condutibilidade cresce com a subida da temperatura. Em resultado surge o fluxo de electr?es do extremo quente ao frio, e no extremo frio acumula-se a carga negativa, ficando-se no extremo quente a carga positiva n?o compensada.

O efeito Seebek serve de base aos m?dulos geradores termoel?ctricos.

M?dulos termoel?ctricos de refrigera??o:

m?dulo termoel?ctrico, Elemento Peltier

O m?dulo termoel?ctrico (Elemento Peltier) representa um conjunto de pares t?rmicos, ligados electricamente, por via de regra, em s?rie. No m?dulo termoel?ctrico estandardizado pares t?rmicos colocam-se entre duas placas cer?micas planas na base do ?xido ou nitreto de alum?nio. O n?mero de pares t?rmicos pode ser variado nos limites amplos – de unidades at? centenas de pares, o que permite criar m?dulos termoel?ctricos com diferentes voltagens de alimenta??o, de partes de um v?ltio ate 24 V.

Quando a corrente el?ctrica cont?nua passa atrav?s do M?dulo termoel?ctrico, entre os lados do mesmo forma-se a diferen?a de temperatura, esfriando-se um lado e aquecendo-se o outro. Se do lado quente do m?dulo termoel?ctrico assegura-se o desvio eficiente do calor por meio do radiador, no lado frio pode ser obtida a temperatura de dezenas de graus inferior ? temperatura ambiente. Os m?dulos termoel?ctricos s?o de diferentes variantes de desenho segundo a forma, altura, presen?a da metaliza??o nas superf?cies de trabalho, tipos de impermeabiliza??o etc.

Os m?dulos termoel?ctricos de refrigera??o modernos de uma etapa permitem obter a diferen?a de temperatura de at? 75 К. Para obter temperaturas mais baixas utilizam-se m?dulos de muitas etapas que representam uma s?rie de m?dulos de uma etapa acoplados termicamente em s?rie. Por exemplo, m?dulos termoel?ctricos Peltier de quatro etapas que s?o produzidos em s?rie pela companhia permitem obter a diferen?a de temperaturas de at? 138 К. Quando ? cambiada a polaridade da corrente dos m?dulos Peltier, o lado quente e fria ser?o ao rev?s.